0715_logo_descolabs-04.png

+55 14 3012-0075 

Franchising: o cenário atual e as perspectivas para os próximos anos


O cenário atual de franquias anda muito mais otimista do que os últimos anos, por isso separamos uma matéria da edição de 2019/2020 do Guia de Franquias da Editora Globo para você conferir as expectativas (e realidades) desse modelo de negócio.

Confira a seguir.

Reinvenção é a nova palavra-chave do franchising. A revisão de processos em busca de produtividade e eficiência, a adoção de novas tecnologias e a ampliação de formatos alternativos, como bikes e trucks, deram a tônica em mais um ano de ajustes.

“O setor não conseguiu se isolar do desempenho da economia. Foi mais um período de arrumação”, diz o presidente da ABF (Associação Brasileira de Franchising), André Friedheim.

O consumo menor e a conectividade dos brasileiros impulsionam a inovação. Redes de alimentação abraçam plataformas de delivery. Marcas de beleza e estética apostam em apps de atendimento domiciliar.

Para Alberto Serrentino, sócio da consultoria Varese Retail Strategy, o lado mais duro desse ciclo, que envolve cortes, já se encerrou.

“O momento agora é de olhar para a frente, para a retomada do crescimento e da agenda de inovação.”

Faturamento aumenta, mas desacelera

A greve dos caminhoneiros e as eleições contaminaram os indicadores de confiança de consumidores e empresas. O PIB cresceu 1,1% em 2018, e o faturamento do franchising teve aumento nominal de 7,1%. Foi a segunda desaceleração anual consecutiva. A notícia positiva é que, desde 2016, o segmento tem avanço real da receita.

A inflação acumulada de 2018 foi de 3,75%, segundo IBGE.

Total de marcas de franquia aumenta

O número de redes cresceu 1,1% em 2018, somando 2.877 em operação e revertendo a tendência de redução de 2017. O aumento foi puxado por marcas nacionais, já que as estrangeiras passaram de 200 para 190.

"Em momentos econômicos complicados, o ingresso no franchising é uma estratégia para o empresário captar recursos", diz André Friedheim, presidente da ABF (Associação Brasileira de Franchising).

A lógica é simples: no sistema de franquias, o investimento direto é feito pelo franqueado. O total de unidades cresceu 5,2%.

“A adoção de formatos menores foi uma saída do setor para crescer”, diz David Kallás, coordenador do Centro de Estudos em Negócios do Insper.

Mortalidade cai e número de unidades sobe

O índice de mortalidade das franquias caiu pelo segundo ano consecutivo.

Dois fatores podem estar relacionados a essa queda, segundo Serrentino: “Os ajustes feitos em 2015 e 2016 deixaram as empresas mais enxutas e produtivas. Isso aumentou a resiliência.

Outro motivo foi a recuperação da economia em 2017 e 2018, ainda que tímida”.

Um indicador comemorado pelo segmento é o da média de unidades por rede, que chegou a 53,4 lojas por franquia em 2018. Em 2014, esse número era de 42,7.

“Nos EUA, são mais de 300. O Brasil está em processo de amadurecimento” diz Friedheim.

Com isso podemos perceber que agora é o momento de aproveitar esse cenário que só tende a melhorar e investir na estrutura da sua franquia, desde a comunicação até seu plano de negócio, ou até mesmo quem sabe, tirar seus planos do papel e montar a sua.

Precisando de qualquer auxílio é só entrar em contato com nossa equipe para conversarmos mais sobre suas possibilidades.

☎ (14) 3012-0075 📱 Whats: (14) 99615-4806

Fonte: matéria reproduzida do Guia de Franquias (2019/2020), nº 17- Pequenas Empresas & Grandes Negócios – Editora Globo.

  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

DESCO /BR

Rua Luso Brasileira, 4-44

Jardim Estoril, Sala 605 e 602

17016-230 - Bauru - SP

(14) 3012-0075 | (14) 99615-4806

DESCO /PT

R. Febo Moniz, 27

Lisboa – Portugal

+351 910 364 352