0715_logo_descolabs-04.png

+55 14 3012-0075 

Por que alguns negócios digitais ou físicos quebram

Jogo rápido. Por que meu e-commerce vai mal? Suponhamos que você já passou a “arrebentação” inicial que muita gente não consegue ultrapassar: Bom layout, boa plataforma, bom produto, bom tráfego e bom marketing. Ótimo! Fez tudo isso e não foi suficiente?

Pode parecer besteira pra quem é administrador, até por que os erros abaixo atrapalham qualquer tipo de negócio. Online ou Físico.

Ai vai a pergunta. Como estão os itens abaixo do seu negócio?

MARGEM

É mais comum do que parece quando se tem um e-commerce entrar nas guerras de preço, sacrificar a margem dando desconto, dando frete grátis, o que em alguns casos acabam dando prejuízo no final do mês. Pesquisa sobre as grandes pra você ver.

Perder um bom tempo na formação de preço de venda vai te ajudar a entender a elasticidade e os preços que pode praticar, isso vai determinar qual é o mínimo que você pode vender sem prejudicar a lucratividade do seu negócio. É chato mas faz a diferença.

COMPRAS E ESTOQUE

Nada de comprar os produtos e só depois definir o valor de venda, além de provavelmente fazer um mal negócio, seu objetivo financeiro fica mais distante e praticar um valor próximo dos concorrentes dificilmente será alcançado.

Outro ponto sensível é escolher entre deixar o produto parado ou queimar o produto nas vendas. Isso demonstra ainda mais o problema com falta de planejamento de estoque. Não confunda ROI com lucratividade quando falta estoque.

FLUXO DE CAIXA

É imprescindível ter um fluxo de caixa ou sempre deixar um valor mensal separado pra isso quando se começa um negocio do zero. Sabe quando você vai ter problema? Quando crescer e começar a pagar seus fornecedores em até 90 dias, mas receber só em 300 dias, o famoso 10x sem juros da internet.

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

Se tem uma coisa que todo mundo deixa de lado é esse ponto. Ah mas minha empresa é simples, mais pra frente acerto isso. A primeira coisa quando se cresce é estourar o teto do simples e sair criando empresa no mesmo regime tributário para dividir o faturamento mantendo o mesmo imposto. Alem de ter formulado o preço de venda errado, pois nesse caso é impossível mudar o regime tributário sem ter prejuízo, em determinado momento se cria um passivo tributário irreversível, dependendo do tamanho da empresa e do poder aquisitivo dos sócios.

OPERACIONAL EFICIENTE

Já vi essa história muito de perto. Quando se esta mal a única coisa que todo “mal gestor” pensa é - vender mais / vender mais. OK, esta certo, mas na maioria das vezes nada do que foi citado acima foi revisto e ai começam a prejudicar o operacional da empresa.

Não é raro que quando as empresas estão “mal das pernas” tenham um numero de funcionários maior do que o necessário, muito retrabalho, fluxos e processos praticamente inexistentes na operação. Isso causa mais prejuízo e um puta de um time desmotivado.

Acredito muito que se atentar aos pontos comentados acima, vai ajudar muito qualquer tipo de negócio, seja ele um e-commerce ou um negócio de bairro. Outra ponto muito importante e não comentado é misturar a pessoa jurídica com a física. A empresa é sua, mas você não tira quanto quer e quando quer, mais um principio básico as vezes deixado de lado.

  • Branca Ícone LinkedIn
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

DESCO /BR

Rua Luso Brasileira, 4-44

Jardim Estoril, Sala 605 e 602

17016-230 - Bauru - SP

(14) 3012-0075 | (14) 99615-4806

DESCO /PT

R. Febo Moniz, 27

Lisboa – Portugal

+351 910 364 352